A OTAN prepara-se para uma possível guerra na Europa

Publicado por: Editor Feed News
20/01/2024 09:11:12
Exibições: 88
Cortesia Editorial Pixabay
Cortesia Editorial Pixabay

Alerta da OTAN: Cidadãos devem se preparar para a guerra e a necessidade de cooperação total

 

 

Após uma reunião do comitê militar da NATO em Bruxelas, o almirante Rob Bauer emitiu um aviso claro aos cidadãos, indicando que a aliança está se preparando para uma possível guerra na Europa. O conselho incluiu recomendações específicas sobre preparação para emergências, ressaltando a necessidade de cooperação total da sociedade. Este artigo examina as implicações do alerta e a postura da OTAN em meio a crescentes tensões geopolíticas.

 

1. Recomendações para a População:

O almirante da OTAN, Rob Bauer, aconselhou os cidadãos a se prepararem para a guerra, destacando a importância de ter água, um rádio com baterias e uma lanterna com baterias para as primeiras 36 horas de um possível conflito. Esse conselho prático evidencia uma mudança na abordagem da OTAN, sugerindo uma preparação mais abrangente da sociedade.

 

2. Cooperação Total Necessária:

O alerta de Bauer destaca a importância da cooperação total da sociedade em caso de guerra. Ele enfatiza que a confiança exclusiva em exércitos profissionais, como nos conflitos no Afeganistão ou Iraque, seria insuficiente para um novo cenário de guerra. A necessidade de reconsiderar sistemas como recrutamento militar e ativação de reservistas é indicada como uma medida crucial.

 

3. Expansão dos Laços com Parceiros Internacionais:

A OTAN planeja expandir seus laços com parceiros em todo o mundo, incluindo cooperação com Áustria, Irlanda e Suíça na Europa, e parcerias estratégicas na Ásia e Oceania, como Japão, Coreia do Sul, Nova Zelândia e Austrália. Essa ampliação reflete a crescente complexidade das dinâmicas geopolíticas globais.

 

4. Maiores Exercícios Militares em uma Década:

Na próxima semana, a NATO iniciará os maiores exercícios militares em uma década, envolvendo aproximadamente 90.000 militares de 31 países membros e da parceira Suécia. O general da NATO, Christopher Cavoli, anunciou que a operação se estenderá até maio, destacando a magnitude desses preparativos.

 

5. Desafios e Implicações Globais:

O alerta da OTAN e os próximos exercícios militares sinalizam uma postura proativa em face das crescentes tensões geopolíticas. O mundo observa atentamente, consciente das implicações significativas que tais medidas podem ter nas relações internacionais e na estabilidade global.

 

O alerta da OTAN para a população se preparar para a guerra representa um momento significativo, refletindo a mudança nas percepções de segurança. A necessidade de cooperação total e a expansão dos laços internacionais destacam a complexidade dos desafios enfrentados pela aliança. Os próximos meses serão cruciais para entender como essas medidas se desdobrarão e como a comunidade internacional responderá a essa nova dinâmica geopolítica.

 

 

 

Vídeos da notícia

Imagens da notícia

Tags:

Mais vídeos relacionados