Inclusão de pessoas com deficiência no mercado é tema de evento da Apae | TVSOTEROPOLITANA.com The Mobile Television Network

Ação acontece nesta segunda-feira, 25 de julho, às 9h30, para marcar o aniversário da criação da Lei de Cotas   Iasmim Passos de Almeida, assistida pela Apae, participará do evento, representando as PCDs No dia 24 de julho de 1991, foi criada a Lei 821...

economia, mercado, empreendedorismo, inflação, inclusão, apae

Inclusão de pessoas com deficiência no mercado é tema de evento da Apae

Publicado por: Redação
22/07/2022 19:49:08
Divulgação
Divulgação

Ação acontece nesta segunda-feira, 25 de julho, às 9h30, para marcar o aniversário da criação da Lei de Cotas

 

Iasmim Passos de Almeida, assistida pela Apae, participará do evento, representando as PCDs

No dia 24 de julho de 1991, foi criada a Lei 8213/91, conhecida como “Lei de Cotas”, que estabelece que empresas com mais de 100 colaboradores devam ter de 2 a 5% das suas vagas destinadas a PCDs. A proposta era estimular a inclusão social dessas pessoas no mercado de trabalho, em iguais condições e oportunidades aos demais. Um avanço! No entanto, mesmo depois de mais de três décadas, as barreiras continuam dificultando e até impedindo a inserção das pessoas com deficiência, sobretudo intelectual e múltipla nesse universo. Para marcar a data, a Apae Salvador realizará no dia 25 de julho, segunda-feira, às 9h30, o evento Lei de Cotas: o trabalho como um direito de todos.

 

“Os desafios são diversos. Desde o desconhecimento em relação à deficiência intelectual, passando pelo preconceito e as barreiras atitudinais, até a defasagem entre o nível de formação dos indivíduos e as exigências das empresas”, explica Jaqueline Braz, coordenadora de Assistência Social da Apae Salvador. Para debater este assunto, o evento promovido pela Apae acontecerá no auditório da Unidade São Joaquim, e conta com a participação de Jaqueline Braz; Lorena Garcia Mueller Costa, auditora fiscal do Trabalho; Adriana Maria de Souza Ribeiro, coordenadora de Recursos Humanos do colégio Sartre COC – parceiro da Apae; e da auxiliar de Serviços Gerais Iasmim Passos de Almeida, que foi qualificada e é acompanhada pela Apae, representando as pessoas com deficiência.

 

Através da Metodologia do Emprego Apoiado, a Instituição atua na inclusão de pessoas com deficiência intelectual e múltipla no mercado de trabalho, tendo inserido mais de 750 pessoas, com encaminhamento, orientação e capacitação profissional.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários