PROTESTE dá 16 dicas de higiene para prevenir a rinite alérgica | TVSOTEROPOLITANA.com Para Smart TV, PC e Mobiles

Doença tem maior prevalência durante o inverno mas pode ser atenuada com medidas simples de higiene   A higiene é a principal arma contra a rinite alérgica, doença que atinge 30% dos brasileiros, de acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imuno...

saude, hipertensão, cardiologia, mitos, verdades, doenças, criança, diabetes, infantil, pediatra, cuidados, desidratação, insolação, plano, assistência, avc, alergias

PROTESTE dá 16 dicas de higiene para prevenir a rinite alérgica

Publicado por: Redação
20/08/2017 13:45:45

Doença tem maior prevalência durante o inverno mas pode ser atenuada com medidas simples de higiene

 

A higiene é a principal arma contra a rinite alérgica, doença que atinge 30% dos brasileiros, de acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai). O tratamento pode combinar remédios e vacinas, além da adoção de medidas preventivas.  Com as vacinas, a pessoa é exposta ao que lhe causa sensibilidade, até o sistema imunológico se habituar. Elas podem ser em forma de injeção ou gotas sublinguais. Mas atenção: são contraindicadas para crianças com menos de 5 anos.

 

A doença nada mais é do que uma resposta ao alérgeno (substância que provoca alergia) – como, por exemplo, o ar frio, o pólen e, o mais comum, as fezes dos ácaros encontrados na poeira. Ao respirá-la, os alérgicos acabam sofrendo uma crise respiratória. É bom lembrar que os ácaros vivem nas camadas profundas dos tecidos – nunca em superfícies lisas, como paredes.

 

Por essa razão é que colchões, travesseiros e móveis estofados devem ser sempre higienizados. Aliás, manter o ambiente limpo é essencial, pois, do contrário, a rinite pode se agravar e causar outros problemas, como crise de asma, sinusite e otite (inflamação do ouvido).

 

Apesar de os sintomas serem claros, é necessário procurar um médico especialista para obter um diagnóstico preciso. O descongestionante nasal, quando usado de forma indevida, pode gerar renite medicamentosa, por isso não é recomendado que seja usado por muito tempo. O indivíduo deve sempre buscar orientação médica.

 

Para ajudar o consumidor a lidar com a rinite alérgica e evitar crises, a PROTESTE, Associação dos Consumidores, separou algumas dicas valiosas:

 

No dormitório de criança

– Evite o acúmulo de brinquedos e prefira os que não sejam de pelúcia

– Mantenha o ambiente bem ventilado e arejado

– Prefira pisos de fácil limpeza

– Cubra colchões e travesseiros com capas antiácaros, lavando-as uma vez ao mês

– Troque a roupa de cama pelo menos uma vez por semana

– Evite almofadas no chão

 

Na Sala

– Evite mantas e animais de estimação sobre o sofá

– Instale persianas no lugar de cortinas com tecido

– Elimine tapetes ou carpetes e o cigarro

– Use móveis de desenhos simples, para facilitar a limpeza

– Prefira estofados de vinil ou de couro

– Evite almofadas, enfeites e objetos que acumulam poeira

– Limpe diariamente o piso com aspirador de pó e os móveis com um pano úmido, para não levantar poeira. Não use produtos com odores fortes, nem à base de amoníaco

– Limpe uma vez ao mês o filtro do ar condicionado, para não acumular poeira e ácaros

 

Na Área

– Se possível, mantenha os animais domésticos na área externa

 

No Banheiro

– Controle as fontes de infiltração, verificando regularmente se há manchas nas paredes