Estudo prevê um bilhão de novos usuários e 10 bilhões de novos dispositivos e conexões em menos de cinco anos | TVSOTEROPOLITANA.com Para Smart TV, PC e Mobiles

Cada vez mais inserido em um mundo completamente tecnológico, o brasileiro já entendeu que a tecnologia é peça-chave para o sucesso da sua empresa ou de sua carreira como colaborador de alguma organização. O fato é que o número de usuários ganhará forç...

internet, pesquisa, perfil, justiça, trabalhista, fraude, postagens, rede, social, facebook, smartphone, celular, conexão, 3g, 4g, wi-fi

Estudo prevê um bilhão de novos usuários e 10 bilhões de novos dispositivos e conexões em menos de cinco anos

Publicado por: Redação
01/06/2017 08:35:52

Cada vez mais inserido em um mundo completamente tecnológico, o brasileiro já entendeu que a tecnologia é peça-chave para o sucesso da sua empresa ou de sua carreira como colaborador de alguma organização. O fato é que o número de usuários ganhará força nos próximos anos e quem ainda não estiver capacitado para lidar com as ferramentas disponíveis irá ficar para trás. Quem diz é o presidente do SEPRORGS, plataforma de negócios e representatividade das empresas de TI do Rio Grande do Sul, Diogo Rossato.

 

“Não falamos mais de um item básico ou opcional, a internet hoje é pré-requisito básico para preencher vagas ou evoluir como empreendedor. Além disso, os próximos anos prometem um aumento considerável na quantidade de usuários, dispositivos conectados e também na velocidade de conexão”, diz. Segundo o estudo Cisco Visual Networking Index (VNI) – previsão 2015 a 2020-, 51% de todos os dispositivos conectados na rede em 2020 serão móveis e a velocidade média da banda larga fixa vai passar de 8,5 Mbps para 19,5 Mbps.

 

Essas são apenas algumas previsões do estudo, que também prevê que o tráfego da Internet no Brasil em 2020 será equivalente a 397x o volume de toda a Internet brasileira em 2005, por exemplo. Além disso, quatro pilares fundamentais irão alavancar consideravelmente, conforme explica Rossato. “As tendências globais como o consumo de vídeos, por exemplo, são as molas propulsoras desses dados. Para termos uma ideia, segundo o estudo, o tráfego de vídeo na internet brasileira vai crescer 3 vezes entre 2015 e 2020, a uma taxa de crescimento de 26%, atingindo 3.0 exabytes por mês em 2020”, comentou.

 

Muito desse “boom” na internet se deve às tecnologias que permitem o compartilhamento de informações de forma instantânea. Além disso, a Internet das Coisas possibilita mais do que o acesso aos dados, mas à dispositivos em qualquer lugar do planeta.

 

Ainda de acordo com o relatório

 

O tráfego online quase triplicará no mundo todo, com uma taxa de crescimento anual de 22%. Os usuários brasileiros subirão de 97 milhões para 141 milhões em 2020, ou seja, 65% da população estará conectada. O número de dispositivos passará de 519 para 766 milhões, o que representa quase 4 dispositivos por pessoa. Ademais, ainda sobre os vídeos, teremos no mundo três trilhões de minutos de vídeo transmitidos via internet por mês em 2020 – o que equivale a cinco milhões de anos de transmissão por mês.

 

Acompanhe o boom

 

Rossato recomenda que as pessoas estejam sempre ligadas no que acontece de uma forma geral, quais são os novos aplicativos nas listas dos especialistas, o que vem por aí, o que ficou para trás e de que forma as coisas estão acontecendo. “Experimentar o novo é a melhor forma de adaptar-se a ele, podendo analisar na prática o que tal aplicativo proporciona ou quais os benefícios que eu ganho ao utilizar tal ferramenta. Além disso, é necessário que as pessoas e empresas estejam cientes de que as palavras-chave do momento são produtividade e otimização do tempo, ou seja, quais são as novidades oferecidas no mercado que me ajudarão a desenvolver mais em menos tempo? Responda essa pergunta, pelo menos, a cada 7 dias”, concluiu.