Lançamento: Pagode baiano em minissérie | TVSOTEROPOLITANA.com Televisão via Internet

Lançamento da minissérie sobre cantoras de pagode baiano ocorre em março A estreia da primeira produção audiovisual sobre mulheres no pagodão acontece no dia 18 de março, às 19h, na Vale do Dendê (Estação da Lapa)   Ampliar as vozes das mulheres vocali...

arte, cultura, teatro, shows, pinturas, cinema, vídeo, exposição, museu, pintura

Mar
18

Lançamento: Pagode baiano em minissérie

Publicado por: Redação
18/03/2020 19:00:00 -
Cantoras baianas de pagode protagonizam minissérie com estréia marcada para março. Na imagem, Fernanda Maia, Daiana Leone, Aila Menezes, A Dama do Pagode e Rai Ferreira / Fotos: Joyce Melo
Cantoras baianas de pagode protagonizam minissérie com estréia marcada para março. Na imagem, Fernanda Maia, Daiana Leone, Aila Menezes, A Dama do Pagode e Rai Ferreira / Fotos: Joyce Melo

Lançamento da minissérie sobre cantoras de pagode baiano ocorre em março


A estreia da primeira produção audiovisual sobre mulheres no pagodão acontece no dia 18 de março, às 19h, na Vale do Dendê (Estação da Lapa)

 


Ampliar as vozes das mulheres vocalistas de pagode baiano é o objetivo da minissérie documental “Pagodão: A cena por elas”. Os cinco episódios contam as vivências e dificuldades de cantoras em diferentes contextos no pagode. O lançamento acontece na Vale do Dendê (Estação da Lapa, Térreo), às 19h, no dia 18 de março. A produção é uma realização do canal de comunicação Pagode Por Elas.

 

Cantoras baianas de pagode protagonizam minissérie com estréia marcada para março. Na imagem, Fernanda Maia, Daiana Leone, Aila Menezes, A Dama do Pagode e Rai Ferreira / Fotos: Joyce Melo

 


No mês internacional da mulher, o protagonismo e a representatividade feminina no pagode baiano entra em pauta com as artistas Aila Menezes, Rai Ferreira, Allana Sarah, conhecida como A Dama do Pagode, Daiana Leone, vocalista da banda Swing de Mãe, e Fernanda Maia, vocalista e percussionista da banda Afrocidade, protagonistas da primeira produção audiovisual sobre cantoras de pagode baiano.

 


Questionada durante as gravações sobre o cenário atual da mulher no pagode, Aila Menezes pontua a hipersexualização como latente na cena baiana e, também, reflexo do machismo estrutural. Mas completa com orgulho: “Ser mulher no pagode é ser resistência, persistência, é lutar contra correnteza. É precisar se apegar aos seus valores, ao que você acredita e seguir. O pagode ele não é somente um ritmo, é uma manifestação cultural, um estilo de vida”.

 

 


“As mulheres sempre estiveram presentes na cena do pagode baiano, mas sempre nos papéis coadjuvantes, como dançarinas, backing vocals e limitadas ao papel da piriguete. O descrédito e o machismo dificultou a ascensão das bandas protagonizadas por mulheres e esta minissérie surge com o objetivo de dar luz a uma nova década do pagodão, dessa vez com mais mulheres”, afirmou a co-fundadora do Pagode Por Elas, Joyce Melo.


Para assistir e contribuir com esta produção audiovisual independente, o 1º lote de ingressos já está disponível por R$10, através do sympla.


SERVIÇO:


Evento: Lançamento da minissérie documental “Pagodão: A Cena por Elas”

Data: 18 de março (quarta-feira)

Horário: às 19h

Local: Vale do Dendê - Estação da Lapa, Térreo, Plataforma C

Valor: R$10 pelo Sympla

Av. Vale do Tororó, Estação da Lapa, s/n - Loja 44 - Tororo, Salvador - BA, 40301-110

Imagens do evento

Tags:

Compartilhar

Noticias

Eventos relacionados

Vídeos relacionados